Marketing Imobiliário: Como evitar erro no facebook

0

Cremos que este artigo sobre erros a se evitar no marketing imobiliário Facebook será de grande utilidade para imobiliárias e profissionais.

Porque com a explosão dos dispositivos móveis e a conexão de internet, conjuntamente com novas plataformas de comunicação, logo percebeu-se a massiva e constante migração do público, dos mais diversos, para essas plataformas, deixando de lado, em matéria de tempo de consumo, veículos tradicionais como rádio e TV.

E para todo negócio vingar é preciso marcar presença onde o público está presente. Não demorou que diversas empresas e profissionais liberais começassem a desenvolver páginas comerciais nessas mídias, especialmente na mais popular delas, o Facebook.

O que inclui os profissionais do ramo imobiliário.

E o que muitos vêm percebendo, ou logo perceberão, que não basta identificar o grande volume de clientes em potenciais frequentando um meio e desenvolver uma página do zero e publicar anúncios de seus produtos. Poderá até ter alcance, mas provavelmente não conseguirá envolvimento.

Um dos erros comuns no marketing imobiliário Facebook é não entender que tipo de conteúdo divulgar nas mídias sociais e não ter um planejamento.

Abordaremos dessas questões e listaremos outros equívocos de marketing imobiliário Facebook que os iniciantes no uso do meio digital costumam cometer.

Saiba mais sobre marketing imobiliário Facebook a seguir.

Tipo de conteúdo

Talvez gere surpresa para o corretor a questão sobre o tipo de conteúdo a se colocar no marketing imobiliário Facebook.

Ora, trabalho com venda de imóveis devo colocar anúncios de imóveis. Ok, não há uma restrição quanto a isso, porém o conteúdo não deve se ater somente a esse tipo de publicação, tornar a página do Facebook uma espécie de classificado de imóveis.

Para isso existem sites específicos, como a 321Achei.

A palavra chave quando o assunto é mídias sociais é engajamento, envolvimento. Suas postagens devem gerar aproximação com os usuários, oferecer algo a mais, pois do contrário, se estiverem atrás de um imóvel preferirão se direcionar as páginas específicas de anúncios de imóveis.

O conteúdo que deve se investir principalmente no marketing imobiliário Facebook é que agregue valor, informação, esclareça dúvidas, solucione problemas dos visitantes, desperte a atenção deles.

 Desse modo, sua marca desenvolverá uma relação de confiança, associará na lembrança do potencial cliente aspectos positivos, boas experiências, que poderá ser decisivo no futuro para que procure por seus serviços e produtos.

Algumas dicas de conteúdo para marketing imobiliário Facebook:

  • Notícias do bairro: divulgar notícias do bairro onde atua é uma das possibilidades de despertar atenção dos interessados em residir ou fazer negócios na região. Notícias com a infraestrutura do bairro, aberturas de estabelecimentos é uma ótima forma de apontar a valorização do lugar;
  • Notícias do mercado imobiliário: tudo que for relacionado a Caixa Econômica Federal no contexto imobiliário e financiamentos bancário em geral, poderá ser a notícia de que o visitante estava precisando para se decidir;
  • Decoração: dicas para decorar espaços grandes e pequenos e as últimas tendências. Ótimo conteúdo para fornecer dicas e estimular a realização de velhos sonhos;
  • Datas comemorativas: boa oportunidade atrair público de regiões específicas e divulgar a sua marca com arte estilizada.

Periodicidade de publicação

Outro grande erro no marketing imobiliário Facebook é não dedicar o tempo necessário para desenvolver conteúdo, ficar muito tempo sem atualizar a página.

Visitantes que notam que a página não recebe novas atualizações por mais de um mês geralmente acabam desistindo de qualquer iniciativa de contato. Pensam que o negócio não existe mais ou se trata de um empreendimento muito pequeno, “fundo de quintal”.

É importante que estabeleça um cronograma de publicações e seja fiel a esse cronograma para evitar esse tipo de impressão, que certamente colabora para a perda de boas oportunidades.

MARKETING IMOBILIARIO

Se a falta de publicações é um problema, o excesso delas também é. Lembre-se que uma página no Facebook não deve ser tratada como uma página de classificados, mas como um ambiente que gera envolvimento. Excesso de anúncios pode ocultar dos visitantes assuntos que lhe despertem mais interesse.

Postura profissional

Um erro recorrente nos principiantes de marketing imobiliário Facebook é se prender na questão do envolvimento, engajamento, confundir as bolas. Muitos acabam apelando para publicações pessoais, como fotos com gatinhos, do almoço, da família e de assuntos espinhosos como religião e política.

Separe o joio do trigo. Perfil profissional é apenas para tratar de questões pertinentes ao seu campo de trabalho, assuntos pessoais devem ficar restrito a sua página pessoal.

Mostrar sua intimidade ou tratar de temas polêmicos pode acarretar em desgaste de imagem, dividir o público, aumentar taxas de rejeição e passar uma imagem pouco profissional.

A diretriz do perfil de trabalho deve ser de isenção quanto aos temas que provocam fortes debates. Afinal, não faz sentido querer segmentar público em cenário tão competitivo e instável como o mercado imobiliário.

Email marketing

Sim, apesar de todo o aparato tecnológico que se seguiu com o advento dos e-mails o uso dessa ferramenta ainda é um recurso valiosíssimo de marketing imobiliário.

Cientes disso, as páginas costumam ser eficientes em conseguir captar contatos dos visitantes/clientes, porém acabam errando na hora de se comunicar com a base de contatos criada.

Muitos acabam enviando conteúdo sem segmentar o mailing, enviando o mesmo material para contatos que se encontram em diferentes estágios da jornada de compra. O que naturalmente ocorre é o interesse de alguns e o desinteresse de outros tantos e o desinteresse é péssimo para efeito de comunicação.

MARKETING IMOBILIARIO

Se os usuários perceberem que os emails recebidos geralmente não traz nada que lhes sejam de interessa, acabam simplesmente ignorando ou cancelando a assinatura da newsletter.

Essa é uma dica importante para marketing imobiliário Facebook: segmente a sua base de contato e desenvolva material específico para cada grupo.

Blog imobiliário

Outro erro usual em se tratando de marketing imobiliário Facebook: criar um blog e não alimentá-lo com grande volume de postagens. Pior do que não ter um blog é ter um mal feito.

Falta de mensuração de resultados

Erro recorrente em marketing imobiliário Facebook é não fazer a mensuração de resultados, avaliar quais ações deram resultados ou não. As postagens que mais repercutiram, o portal que mais lhe traz contatos.

Fazer todo o investimento em marketing imobiliário Facebook, dedicar tempo, energia para não saber se está ou não colhendo frutos é navegar no incerto. Qual o sentido?

A falta de ferramentas de mensuração, de estabelecimento de metas impede que se identifique problemas e o redirecionamento de recursos e força de trabalho em ações mais impactantes.

O que sem dúvida não é a situação ideal.

Gostou deste conteúdo sobre marketing imobiliário Facebook?

Então curta, compartilhe, avalie.

Seu apoio faz a diferença.

Você também vai gostar de ler Mais artigos do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.